Archive for Dicas

7 truques para dominar o Windows

O Windows é, sem dúvida, o sistema operativo mais usado em computadores de todo o mundo e, mesmo quem usa outras soluções, já se cruzou com o sistema da Microsoft, pelo menos, uma vez na vida.

Windows

A maior parte de nós cresceu com o Windows e é algo que já usamos natural e instintivamente.

Talvez por isso, haja determinadas ferramentas e funcionalidades que nos passem ao lado e que, usadas correctamente, podem facilitar (ainda mais) a nossa utilização do computador, seja em trabalho, estudo, ou lazer.

A MisterPC apresenta-lhe alguns desses recursos, compatíveis com todas as versões do Windows a partir do 7:

1. Limpe a confusão:

Se está com muitas janelas abertas simultaneamente e a navegação entre elas começa a ficar confusa, pressione a tecla com o ícone do Windows no seu teclado (WinKey) + a tecla Home. Todas as janelas serão minimizadas, excepto a que estiver activa.

2. Organize as suas janelas:

O Windows possui atalhos que facilitam bastante a organização das janelas abertas. Veja abaixo:

WinKey + ← ou →: fixa a janela em um canto da tela ou então desafixa.

WinKey + ↑: maximiza a janela

WinKey + ↓: restauração ou minimizar

WinKey + Shift + ↑: maximiza a tela apenas verticalmente

3. Use a barra de tarefas:

Ao abrir um programa pela barra de tarefas, mantenha a tecla Shift pressionada e o software automaticamente iniciará uma nova instância. Por exemplo: se você está com o Chrome em execução, clicar no ícone na barra de tarefas irá maximizar as janelas que você já tem abertas; se você usar o Shift+click, uma nova janela será aberta.

4. Seja administrador:

Muitos dos programas que usamos no quotidiano podem ter recursos que só funcionam plenamente quando executados com privilégios de administrador do sistema. A maneira mais imediata de fazer isso é clicar no ícone do programa enquanto pressiona os botões Ctrl+Shift. Esta combinação de teclas faz com que a aplicação seja aberta com privilégios totais.

5. Aceda mais rapidamente aos atalhos da barra de tarefas:

Em vez de clicar nos seus favoritos na barra de tarefas, use a tecla WinKey + um número para abrir o atalho. Por exemplo: se o Chrome é o seu primeiro favorito (da esquerda para a direita), usar o WinKey + 1 irá abri-lo. Se o Word for seu segundo favorito, com o WinKey + 2 o programa será executado.

6. Voltamos à barra de tarefas:

Se os atalhos do ponto anterior não lhe agradam, pode usar o WinKey + T. Ele permite que use suas setas do teclado para seleccionar qual item da barra de tarefas quer abrir. Para sair do modo, basta pressionar ESC.

7. Favoritos à sua medida:

Esta funcionalidade é muito útil para quem tem que entrar frequentemente em pastas específicas. Ao abrir o Windows Explorer, é visível uma pasta chamada Favoritos (no Windows 7) ou Acesso Rápido (no Windows 10), cujo ícone é uma estrela. Esta pasta facilita a navegação pelo computador e é personalizável. Basta arrastar pastas para lá para deixá-las fixas e facilitar o acesso.

A MisterPC realiza a instalação optimizada do seu Sistema Operativo.

Para tal, usamos as melhores ferramentas profissionais de forma a garantir um óptimo resultado final.

Este Serviço engloba um pacote de programas/software que o ajudará a tirar o melhor partido das capacidades do seu equipamento.

Se tem um iPhone 5 ou um iPad 4, este artigo é para si

Foi esta segunda-feira que a Apple lançou a nova versão do iOS para todos os utilizadores. O iOS 10.3 apresenta algumas mudanças de apresentação, nomeadamente no menu de ajustes e liberta mais espaço na memória do dispositivo. No entanto, esta actualização pode marcar o fim do suporte a modelos mais antigos.

iphone mais rápido

De facto, os últimos modelos Apple construídos com arquitectura de 32 bits (iPhone 5, 5C e o iPad 4) já não são abrangidos pelo suporte a imagens de backup do iOS 10.3.2 Beta. Isto representará o passo derradeiro para a mudança definitiva para os 64 bits, deixando de parte os aparelhos mais antigos.

Com o novo iOS, não é possível na recuperação de imagens do iTunes aceder a ficheiros guardados em 32 bits, ou seja, dos modelos citados acima.

Em compensação, o iOS 10.3 traz uma memória extra para todos os modelos de iPhone. Em alguns casos, os ganhos podem chegar aos 8GB  de espaço interno, sendo que a recuperação ronda os 10%, o que é significativo para quem tenha um iPhone com apenas 16GB.

Apesar deste grande benefício, os donos de modelos mais antigos deverão estar atentos, dado que não é conveniente, por questões de segurança, operar dispositivos cujo sistema operativo não possa ser actualizado ou alvo de suporte.

A MisterPC presta assistência técnica a iPhones e iPads e pode ajudá-lo a manter o seu smartphone, ou tablet, Apple actualizado.

Apple apresenta iPhone vermelho… e outras novidades

De forma surpreendentemente discreta, a Apple anunciou vários novos produtos de uma assentada: uma edição especial do iPhone 7 e 7 Plus em vermelho, um novo iPad e uma app de edição de vídeo para as redes sociais.

Desde 2006 que a Apple colabora com a Red, uma organização sem fins lucrativos que combate o HIV e a SIDA na África Sub-Saariana. No âmbito dessa parceria, que já angariou mais de 120 milhões de euros, a Apple apresenta agora uma versão em vermelho do iPhone 7 e 7 Plus.

iPhone vermelho

Com preços a partir dos 889 € (iPhone 7) ou 1.029 € (iPhone 7 Plus), o smartphone da Apple poderá ser encomendado no nosso país a partir da próxima sexta-feira, dia 24.

No sector dos tablets, o iPad Air 2 foi substituído por uma iPad de 9,7’’ com um processador A9 mais potente e um preço mais baixo. Em Portugal, este novo modelo terá preços a partir dos 419 € e também poderá ser encomendado a partir da próxima sexta-feira.

A Apple apresenta-nos também uma nova aplicação: Clip. A grade característica desta app de edição de vídeo é estar orientada para as redes sociais: os vídeos são no formato quadrado, o que os torna adequados ao Instagram e ao Twitter.

Trata-se de uma app que pode ser definida como uma versão simplificada do iMovie, na qual é possível adicionar efeitos, legendas e trilhas sonoras de forma fácil e intuitiva. Disponível a partir de Abril, é compatível com iPhones 5S ou superiores.

A MisterPC presta assistência técnica iPhones, iPads e MacBooks. Consulte-nos!

Vem aí o Bluetooth 5

Harald Blåtand foi um rei dinamarquês do século X que ajudou a unir facções em guerra nos territórios que actualmente correspondem à Noruega, Suécia e Dinamarca.

Blåtand em inglês traduz-se como Bluetooth e foi em homenagem ao rei dinamarquês que foi denominada a tecnologia sem fios, criada em 1994, que permite conectar dispositivos diversos.

Bluetooth 5

O Bluetooth (BT) já está enraizado no nosso dia-a-dia mas continua a evoluir, estando para breve o lançamento da 5ª geração que irá trazer grandes novidades: o alcance será quatro vezes superior e a velocidade de transmissão de dados duas vezes superior, e tudo isto sem consumo de energia adicional. Esta informação já oi oficializada pelo SIG (Bluetooth Special Interes Group), entidade que regula este standard de comunicação.

A chegada dos primeiros produtos com Bluetooth 5 está prevista para breve sem, no entanto, haver uma data concreta.

Esta evolução da tecnologia BT visa fazer face à nova geração de aparelhos IoT (Internet of Things ou Internet das Coisas), que apresenta requisitos de comunicação, autonomia energética e automatização mais elevados.

O SIG acredita que as melhorias agora apresentadas venham a alargar a utilização do Bluetooth a um leque maior de dispositivos.

Intel ou AMD?

A Intel será certamente a marca de processadores mais famosa do mercado. No entanto, é frequente encontrarmos modelos de PCs ou portáteis equipados com processadores da sua principal concorrente: a AMD.

Quais as principais diferenças entre os chips das duas marcas? Qual escolher no momento de adquirir um novo computador?

A MisterPC dá uma ajuda.

Intel: prós e contras

Intel

Estudos recentes apontam a Intel como responsável por 80% da receita do mercado mundial de processadores, deixando a AMD para segundo lugar.

No global, poderemos dizer que os processadores da Intel apresentam uma melhor performance. Apesar dos chipsets da AMD possuírem mais núcleos de processamento, os núcleos dos chips Intel são mais rápidos, apresentando maior eficiência individual.

No entanto, isto não é regra. Há processadores AMD que superam os da Intel.

Não obstante, os testes de benchmark facilmente colocam a Intel em primazia. Um Intel Core i7-6700k vence facilmente o seu equivalente da AMD, o FX-95590. E repare-se na diferença de especificações: o chipset da Intel tem quatro núcleos de processamento, de 4GHz; o da AMD possui oito núcleos a 4.7GHz.

Esta surpreendente performance resulta de anos de investimento em investigação e desenvolvimento.

Por outro lado, os dispositivos da Intel apresentam uma maior capacidade de compatibilidade com as placas-mãe, facilitando a vida dos construtores e dos entusiastas que gostam de assemblar os seus próprios equipamentos.

Mas nem tudo são rosas: por norma, a maioria dos CPUs da Intel de alto desempenho são mais dispendiosos que os equivalentes da AMD.

Prós e contras da AMD

AMD

Do exposto acima, relativamente à AMD, rapidamente de conclui que a principal vantagem face à Intel será o preço. E atenção: mais barato não significa pior, ou mau.

Mesmo que a performance da AMD não seja, eventualmente, tão boa como a da Intel, o facto é que os processadores AMD apresentam elevada qualidade e performance, sendo que o “utilizador comum” não notará, à partida, a diferença entre ambos. E é aqui que o preço se torna, verdadeiramente, um factor diferenciador.

Por exemplo, um AMD Athlon X4 tem uma performance geral melhor (segundo os testes do CPUBoss) que um Intel da mesma faixa de preço. Ou seja, para quem quer economizar no processador, os modelos da AMD costumam apresentar um melhor custo-benefício.

Outro aspecto em que a AMD geralmente leva a melhor sobre a Intel é na placa gráfica integrada dos seus processadores. Segundo os testes de benchmark da CompuBench, por exemplo, um AMD A10 7870K, tem uma performance gráfica bem superior à de um i5-6400 que se encontra na mesma gama de preço. Ou seja, em jogos mais básicos, os processadores da AMD também são mais vantajosos.

Mas há o lado mau. Uma das principais críticas dos utilizadores aos processadores AMD tem a ver com a sua (pouca) eficiência energética e com o facto de sobreaquecerem com mais frequência. Este facto explica-se pelo número superior de núcleos de processamento, o que dificulta a dissipação de calor.

Com este aspecto negativo, a AMD acaba por perder a vantagem competitiva em termos de preço, dado que os processadores de alto nível da AMD exigem sistemas de refrigeração mais avançados, logo, mais caros, reflectindo-se este custo no preço final do computador.

Conclusão

Como pode ver, Intel e AMD têm vantagens e desvantagens e só o utilizador poderá decidir qual a solução mais indicada ao tipo de utilização que faz do computador.

Os processadores da Intel serão mais rápidos e eficientes, mas do da AMD têm melhor desempenho gráfico e um custo-benefício mais apelativo.

Ambas as marcas têm produtos capazes de responder aos diferentes perfis de consumidor.

Se tem dúvidas, a equipa técnica terá todo o gosto em ajudar.

Aproveitamos para sugerir que consulte as nossas sugestões de PCs e Portáteis semi-novos.

i3, i5 ou i7: descubra as diferenças

Na hora de comprar um novo PC deparamo-nos, frequentemente, com uma destas designações: i3, i5 ou i7.

core i3 logo

 

i5logo2

 

Intel_i7_logo

Para o utilizador comum, entender a nomenclatura dos processadores Intel pode não ser fácil e imediato. Com este artigo, vamos ajudá-lo a perceber as diferenças entre eles e qual o mais adequado à sua utilização diária.

Para começar

Em primeiro lugar, é importante saber que i3, i5 e i7 são os membros da principal linha de processadores da Intel, sendo que, de forma resumida, o i5 é melhor que o i3, e o i7 é melhor que o i5.

Compreender isto, já é uma grande ajuda na hora de decidir entre diferentes modelos de PC.

No entanto, não terá necessidade de ir a correr adquirir um PC com processador i7, só porque é melhor que os restantes. A utilização que faz do seu computador pode não justificar o investimento num processador i7. Um i5, ou i3, poderão ser suficientes para corresponder às suas necessidades.

Na prática, o que distingue as diferentes referências de processador?

Por norma, um i3 tem dois núcleos de processamento. Por sua vez, o i5 e o i7, têm quatro.

Quanto mais núcleos, mais tarefas o processador pode executar em simultâneo.

Em termos de velocidade de processamento, o i3 pode chegar aos 3.5GHz e o i7 aos 4.10GHz.

As gerações

Há também que distinguir entre as diferentes gerações destes processadores. Desde 2010, ano em que os “i” foram lançados, já foram criadas 7 gerações de cada referência. Isto explica, pelo menos em parte, que dois PCs com um processador da mesma referência possam ter performances e preços diferentes. Por outro lado, pode acontecer que um processador de uma referência mais baixa, mas de uma geração mais recente, possa ter uma performance equivalente a um de uma referência superior, mas de uma geração mais antiga.

Mas como saber qual a geração do processador? É aqui que entra aquele número que a Intel coloca logo depois do i3, i5 ou i7. Por exemplo, o i3-5200 pertence à quinta geração, enquanto o i3-6100 pertence à sexta.

Esse número ajuda-o também a distinguir entre modelos diferentes, dentro da mesma geração. Quanto maior for o número, melhor será o processador.

Um i3-6167 é melhor do que um i3-6100, por exemplo.

E quando aparecem letras?

Após a numeração, podem surgir uma ou duas letras: U, Y, T, Q, H ou K.

Três delas têm a ver com o consumo de energia. A letra U significa “Ultra Low Power”; Y representa “Low Power”; e T indica “Power Optimized”.

A letra Q representa “quad-core”, isto é, quando o processador tem quatro núcleos; a letra H significa “High-Performance Graphics”, quando o chip possui uma boa gráfica integrada; e K representa “Unlocked”, o que significa que o processador pode ir além de sua velocidade pré-determinada através de um overclock.

E o que é a cache do processador?

A cache é a memória temporária do processador. Algumas lojas indicam esse valor junto à referência do mesmo. Aqui é simples: quanto maior a cache, mais informações o processador pode guardar e mais rapidamente ele vai executar tarefas frequentes. Normalmente, um i3 vem com 3 MB ou 4 MB de cache, enquanto um i5 pode chegar a 6 MB e um i7 alcança até 8 MB.

Qual o melhor para mim?

Há outros pormenores que ajudam a distinguir os diferentes processadores. No entanto, com a informação acima, já poderá tirar algumas conclusões:

a)      O i3 é o mais barato e oferece desempenho suficiente para tarefas simples. Se o PC tiver uma placa gráfica dedicada pode até correr jogos sem problemas. Portanto, é um processador adequado a uma boa parte do público.

b)      O i5 é a opção intermédia, recomendada para utilizadores que têm necessidade de fazer mais coisas ao mesmo tempo. Em termos de desempenho, a diferença para o i3 não é significativa, mas quando se trata de executar várias tarefas ao mesmo tempo, os ganhos de performance são mais notórios. É uma boa escolha para jogos, se aliado a uma boa placa gráfica.

c)       Jogadores exigentes, profissionais de edição de imagem e vídeo, ou outros utilizadores que necessitam de máximo desempenho, são o público dos processadores i7. Para o “comum dos mortais” a diferença de performance não justifica o investimento extra, mas a nível profissional e empresarial os ganhos de produtividade podem justificar o custo mais elevado do equipamento.

Para mais informações ou esclarecimento de dúvidas na aquisição do seu novo PC, consulte os nossos centros de assistência técnica. Veja também a nossa selecção de portáteis e PCs semi-novos, equipados com processadores Intel.

O Regresso do 3310

Foi um dos modelos icónicos da Nokia. Lançado em 2000, vendeu 126 milhões de unidades em 3 anos e tornou-se popular pela sua robustez. “Toda a gente” teve um!

Nokia 3310

E agora, segundo apontam os mais recentes rumores, todos vão poder voltar a tê-lo.

O site VentureBeat, que até costuma acertar neste tipo de informações, anunciou que a HMD Global, empresa detentora da licença para produzir telefones Nokia, planeia apresentar o 3310 no Mobile World Congress, que arranca a 26 de Fevereiro.

Os rumores apontam para um preço de 59 €.

Paralelamente, espera-se a apresentação de novos smartphones: Nokia 5 e Nokia 3.

Faltam poucos dias para o início do MWC. Até lá, ficamos na expectativa.

Dicas de Segurança para Crianças

Assinalou-se esta terça-feira, dia 7 de Fevereiro, o Dia da Internet Mais Segura. A Kaspersky, marca da qual a MisterPC é Parceiro Oficial, assinalou a data com a divulgação de um estudo sobre a utilização da Internet por crianças entre os 10 e os 5 anos e respectivas preocupações de segurança.

Dicas de segurança para crianças

Aqui ficam algumas das conclusões do estudo:

- dois terços das crianças inquiridas dizem ter receio de navegar na Internet, devido às ameaças de intrusão e ao assédio de desconhecidos;

- 29% têm receio de ser intimidadas por um desconhecido;

- 23% receia que um desconhecido lhes peça para fazer algo com o qual não estão confortáveis;

- 22% teme que um desconhecido lhes peça para fazer alguma coisa ilegal;

- 21% têm medo que desconhecidos acedam a informações que colocaram online mesmo depois de as terem apagado.

Para ajudar as crianças e os pais a terem uma experiência mais segura ao navegarem na Internet, a Kaspersky apresenta alguns conselhos úteis:

1 – Explicar às crianças os perigos potenciais que podem enfrentar ao navegar na Internet;

2 – Se possível, colocar o computador numa área comum da casa;

3 – Fazer com que a utilização do computador seja uma experiência em família;

4 – Encorajar as crianças a falar sobre tudo o que seja desagradável ou desconfortável, ao navegarem na Internet;

5 – Restringir os conteúdos aos quais as crianças podem aceder, através de softwares de controlo parental;

6 – Explicitar claramente o que é que os seus filhos podem e não podem fazer na Internet e o porquê do mesmo;

7 – Instalar uma solução anti-vírus completa;

8 – Aplicar todas estas dicas à utilização de dispositivos móveis (smartphones e tablets)

A MisterPC, na qualidade de Parceiro Oficial Kaspersky, pode dotar o seu equipamento informático de todas as condições para uma navegação segura. Consulte um dos nossos Centros Técnicos.

E-mail falso das Finanças

Há uma nova ameaça informática a circular via e-mail e esta reúne todas as condições para ludibriar os utilizadores menos atentos: um falso email da Autoridade Tributária e Aduaneira, solicitando o pagamento de uma elevada quantia.

Vírus Finanças

Se também recebeu este email, apague-o já!

Já em tempos a MisterPC alertou para uma situação semelhante.

Trata-se de um ataque de phishing. Apesar de vir em nome da AT, o verdadeiro emissor é Pietro@autoridadedoaneira.download.

Se o destinatário clicar na imagem que consta do email, será instalado um vírus no computador.

Já consciente do sucedido, a Autoridade Tributária e Aduaneira deixa algumas recomendações:

- Suspeite de links e ficheiros enviados por mensagens electrónicas;

- Confirme junto da fonte sempre que, através de mensagens electrónicas ou sites da Internet, seja pedida qualquer acção ou interacção;

- Em caso de dúvida, não responda às mensagens, não clique em links, nem descarregue ou abra ficheiros.

- Não forneça ou divulgue as suas credenciais para acesso ao Portal das Finanças;

- Apague as mensagens de origem desconhecida ou de conteúdo duvidoso.

A MisterPC recomenda também a instalação de um bom software anti-vírus e manter o mesmo sempre actualizado.

Para mais informações sobre software malicioso, consulte-nos.

10 perigos da Internet

Com a Internet presente em grande parte do nosso dia-a-dia, adquirimos alguns hábitos que, sem o sabermos, podem abrir o nosso computador a ataques externos que podem afectar o funcionamento da máquina, torná-la lenta e improdutiva e, em casos mais sérios, aceder a informação privada.

Alerta de vírus

A MisterPC apresenta-lhe uma lista de 10 comportamentos que o podem pôr o seu computador em risco:

1. “Permanecer ligado”

Vários sites nos quais temos que efectuar login, como serviços de email e redes sociais, apresentam-nos a opção “Permanecer ligado”, para que não estejamos sempre a introduzir a nossa password ao aceder aos mesmos. Se formos o único utilizador do nosso PC, à partida, activar esta opção não trará grandes problemas. Mas se for um PC partilhado (na escola ou no trabalho, por exemplo) ou se deixarmos a máquina por alguns momentos sem vigilância, o perigo é grande.

O facejacking pode ser muito divertido, mas muito perigoso.

2. Não actualizar aplicações

As actualizações, por vezes, são aborrecidas e demoram mas, na maior parte dos casos, melhoram a performance dos programas, corrigem bugs e resolvem falhas de segurança. Por isso, é importante manter todas as suas aplicações actualizadas, por questões de produtividade e, acima de tudo, segurança.

3. Notícias bombásticas

Tem sido uma prática muito com nas redes sociais. São partilhadas notícias falsas sobre celebridades, que despertam a curiosidade dos utilizadores. Contudo, ao tentar abrir essas mesmas notícias, somos direccionados para sites de publicidade, ou outros ainda piores. Muitas vezes, é exigido mais um clique para visualizarmos o conteúdo da notícia mas, o que acontece de facto, é estarmos a fazer download para o nosso computador de software malicioso, sem sabermos.

4. Download de filmes e softwares ilegais

A pirataria é vista pela maior parte dos cibernautas como uma forma de evitar os gastos com programas, jogos, filmes e séries.

No entanto, para além de ser uma actividade ilegal, muitos sites de partilha de conteúdos piratas, associam aos ficheiros conteúdo malicioso como vírus, adware, trojans, entre outros.

5. Procura por conteúdo adulto

Muitos sites de conteúdo adulto estão recheados de estratagemas de publicidade ilegal e propagação de malware. Banners publicitários e pop-ups em catadupa contêm links, grande parte deles recheados de más intenções.

6. Jogos online e armadilhas escondidas

Também os jogos gratuitos podem ser problemáticos. Se são gratuitos, os seus criadores obtêm receitas através da publicidade, muitas vezes contabilizadas ao clique. Daí os inúmeros suportes publicitários que proliferam no interior destes jogos e que chegam a ser bastante incomodativos para quem quer jogar.

Por outro lado, há jogos que, apesar de gratuitos, disponibilizam a compra de “vidas extra”, bónus e outras utilidades para o desenrolar do jogo. São conhecidos os casos de jogadores que perderam o controlo dos custos neste tipo de compras, gastando verbas exorbitantes com as mesmas.

7. Não preservar a vida privada nas redes sociais

Um assunto muito debatido nos nossos dias e que até já levou as forças policiais a emitirem avisos sobre o conteúdo que partilhamos no Facebook ou Instagram, por exemplo.

É divertido partilhar fotografias de viagens, jantares, passeios em família com os nossos amigos. Mas, muitas vezes, estamos a partilhar esses conteúdos com todo o ciberespaço, onde há gente muito mal intencionada. As redes sociais têm opções e ferramentas para partilha de conteúdos apenas com os determinados círculos de amigos. No entanto, a maior parte dos utilizadores não sabe da existência dessas opções, ou simplesmente não quer ter a maçada de as activar.

8. Aceder a redes WiFi desconhecidas

O seu pacote de dados é curto mas, por sorte, encontrou uma rede wi-fi desprotegida? Cuidado! Há redes desprotegidas que têm como objectivo atrair utilizadores para depois lhes roubar informações confidenciais. Como todas as suas interacções passam pelo modem, não é difícil fazer um registo dos seus movimentos. Assim, podem ser capturados endereços de email, passwords, códigos de acesso a homebanking e números de cartões de crédito, por exemplo.

9. A mesma password para tudo

Rodeados de uma imensidão de sites e serviços nos quais temos de fazer login, acaba por ser natural e confortável escolhermos a mesma password para todos esses acessos.

No entanto, essa opção acarreta um perigo evidente: se, por algum motivo, alguém descobrir essa password, fica com acesso a todas as nossas contas.

10. Clique para ganhar um iPad

E quem diz iPad, diz outra coisa qualquer. Sim, este tipo de anúncios ainda existe e sim, continua a haver gente a cair na esparrela.

“Você é nosso visitante 1.000.000.000! Clique aqui e ganhe um iPad!”.

Quando a esmola for muita… desconfie sempre.

Para além destes cuidados, a MisterPC recomenda a utilização de uma solução de anti-virus completa e garanta segurança ao seu computador e aos seus dados. Os nossos técnicos estão disponíveis para prestar todos os esclarecimentos necessários. Consulte-nos.

 

Visit Us On Facebook